Uncategorized

Tacho: desde a antiguidade presente na história do Brasil.

Tacho, é um utensílio confeccionado em cobre, muito presente nas roças brasileiras. 

Responsável pela alimentação das numerosas famílias, até o século XIX.

Ele chegou ao Brasil com os colonizadores e logo tomou lugar de destaque nas grandes fornalhas e fogões a lenha, que eram improvisados nas varandas das grandes fazendas.

Ele tem um formato circular, com duas alças para seu transporte, que também eram feitas de cobre. 

Ele era confeccionado em diversos tamanhos e profundidade. Pois atendia as particularidades da preparação dos mais diversos petiscos.

No Brasil Colônia, ele era uma peça importante para a produção de rapadura, pois as tachas, que tinham o mesmo formato do tacho, mas menos profundas, eram responsáveis pelo ponto da rapadura. 

Era responsável também pela preparação de angu, canjiquinha e polenta para alimentação dos escravos e posteriormente dos imigrantes, que faziam o trabalho pesado das lavouras de cana-de-açúcar e café, que contribuíram para o desenvolvimento do Brasil.

As nonas preparavam em tachos grandes, os doces de frutas, como mangada, goiabada marmelada; além de fazer massa de tomate e fritar as carnes dos porcos caipiras; que eram abatidos para fornecimento de carne para toda a família.

Assim também, era muito comum a preparação do sabão artesanal a base de borra do toucinho, juntamente como mamona ou piteira; que ajudava a formar espuma para lavação de roupas e vasilhas.

A limpeza do tacho, geralmente era realizada com cinza das fornalhas ou fogões a lenha, que era misturada ao limão-cravo, e às vezes sal grosso, que fazia o cobre ficar reluzente ao ser esfregado.

Tacho da foto disponível para compra por R$300,00.

Você gostou de conhecer mais sobre um dos utensílios responsáveis por ajudar muitas famílias? 

Venha conhecer mais peças como esta, aqui no Antiquário Hamburgo Velho. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *