Uncategorized

Máquina de costura e sua evolução.

A costura é a forma artesanal ou manufaturada de se juntar duas partes de um tecido, pano, couro, casca, ou outros materiais, utilizando agulha e linha.

É uma arte que existe há mais de 20 mil anos.

As primeiras agulhas de costura inicialmente eram feitas de ossos e chifres de animal, e foram fabricadas há mais de 30 mil anos. Enquanto as primeiras agulhas de ferro foram inventadas no século 14.

A primeira patente ligada à costura mecânica foi realizada pelo alemão Charles Weisenthal
Evolução.

Em 1790, Thomas Saint criou o primeiro modelo de uma máquina de costura para trabalhos em couro.
Em 1807, o Alfaiate austríaco Josef Madersperger, apresenta a sua primeira máquina de costura.
Em 1830, o alfaiate francês Barthelemy Thimonnier foi o primeiro a criar uma máquina realmente funcional, quando observava a forma de trabalhar das costureiras de Lyon, que empregavam uma técnica rapidíssima, com ponto em cadeia. A máquina usava apenas uma agulha de gancho. Dava 200 pontos por minuto, enquanto manualmente se faziam 30.
Em 1841, por conta da criação desta máquina, artesãos destruíram as oficinas e máquinas do alfaiate, porque perderam de seus empregos.

Em 1846, Elias Howe patenteou um modelo com lançadeira sincronizada com a agulha.
E em 1851, cinco anos depois, ainda nos Estados Unidos, aparece à primeira máquina de costura com pedal, uma invenção de Isaac Singer. 

O qual também, fundou a Singer, empresa que lançou o sistema de venda a prestações e deu visibilidade mundial a esta máquina.

Na atualidade, as máquinas de costura domésticas mais modernas já são capazes de fazer 1500 pontos por minuto. Enquanto as máquinas de costura industriais podem atingir os 7000 pontos por minuto.

Algumas máquinas de costura modernas vêm com pontos de bordado já embutidos, faz decoração em tecidos e costuras com agulha dupla.

Máquina de costura da foto, disponível por R$1.000,00. 

O que achou dessa história? Você ou algum parente seu, já teve ou ainda possui máquinas neste estilo? 

Venha conhecer mais sobre as peças aqui no Antiquário Hamburgo Velho. 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *